Conference: Metering, Billing, CRM/CIS Latin America 2005.
Location: Sao Paulo
Presenter: Rogers Demonti and Geraldo Bazelato

O presente projeto propõe a realização de um diagnóstico completo acerca de um sistema de prévenda de energia elétrica através de cartões. Este projeto já está sendo executado nas suas fazes iniciais de implantação A principal característica apresentada será a sua implantação em um ambiente real com consumidores típicos de uma região previamente escolhida pela concessionária de energia elétrica.
Tal sistema terá plena funcionalidade, contendo módulos responsáveis tanto pelo gerenciamento e venda de energia como também pela medição e controle do consumo.

O modelo de funcionamento pode ser resumido da seguinte forma:
Deverão ser instalados, nas residências dos consumidores prédeterminados
pela concessionária, medidores apropriados à realização do sistema de prépagamento de energia elétrica.

Estes medidores farão a medição e o controle do consumo de cada residência através de créditos de energia. A técnica a ser utilizada, bem como a forma adotada no gerenciamento permitirá que seja possível transportar informações nos dois sentidos, ou seja, da concessionária para o cliente e viceversa.

Este recurso será extremamente útil no decorrer da pesquisa para o levantamento de informações e características de consumo de cada cliente.
Também devem ser estudadas as vantagens obtidas, que justificam o desenvolvimento e implantação do sistema de prépagamento, tais como:
1. Eliminação de leituras;
2. Simplificação de cortes e religamentos;
3. Gerenciamento de energia pelo consumidor;
4. Permite leitura remota;
5. Atendimento de áreas rurais;
6. Conveniência para regiões de veraneio;
7. Conveniente para imóveis de aluguel;
8. Diminuição da inadimplência;
9. Sistema de quotas para racionamento de energia;
10. Tarifação diferenciada.

Ao final do processo de desenvolvimento pretendese
ter um sistema robusto e eficiente, capaz de atender os requisitos previstos nas normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e regulamentados pela Agencia Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).
O estudo realizado possibilitará verificar as possibilidades de implantação de sistemas de maior porte. Como este sistema apresenta funcionalidade completa será possível incluir sugestões
para solucionar eventuais problemas que ocorram na sua implantação.