Conferência: Metering, Billing/CRM Latin America
Local: Rio de Janeiro, Brazil
Palestrante: Carlos Montovani
Artigo: Apresentado por Carlos Montovani na Metering, Billing/CRM Latin America

Resumo do Projeto
O Grupo Energisa iniciou em 2007 um projeto para a instalação de telemetria nos clientes do Grupo A, com o intuito de tornar a detecção de fraudes mais ágil e permitir um monitoramento pró-ativo das condições dos medidores.

Já foram instaladas remotas de comunicação em mais de 1300 clientes na Paraíba e em mais de 300 clientes em Sergipe.  Ainda em 2008 serão instaladas mais 200 em Sergipe e 210 em Nova Friburgo (RJ).

Além disto, está previsto para este ano um projeto de implantação de telemedição para o Grupo B em mais de 8000 clientes.

Devido ao avanço tecnológico advindo com a telemedição são necessárias adequações nos procedimentos existentes de operação e manutenção da medição, além dos de análise para combate às perdas.

Com o intuito de se atingir uma maior sinergia e padronização, foi criada uma área corporativa, denominada Centro de Operação da Medição (COM), localizada em João Pessoa (Energisa Paraíba), que concentrará o monitoramento remoto de diversas localidades pertencentes às áreas de concessão do Grupo. O COM, nos próximos meses, começará a atender também a telemedição de Sergipe e, ainda neste ano a de Nova Friburgo.

Resumo da solução tecnológica
A solução adquirida para o Grupo A, de remotas e software, permite, além da leitura remota para faturamento, a análise de alarmes para a detecção de defeitos na medição e de fraudes. Já a do Grupo B, além das acima, traz também a funcionalidade de corte e religação remota.

Para o cliente do Grupo A que já possui a telemedição, é possível acompanhar o seu consumo, via internet, de forma online. Este serviço já é disponibilizado pela Energisa Sergipe e, em breve, deverá ser disponibilizado para as demais distribuidoras do Grupo.