Resultados da grade Rede Ampla

0
views

Conferencia: Metering, Billing/CRM Latin America 2006
Local: Rio de Janeiro
Palestrante: Wellington Mattos Boaventura
Artigo: Presented by Wellington Mattos Boaventura at Metering, Billing/CRM Latin America 2006.

Privatizada em 1996, mesmo com investimentos em torno de R$ 500 milhões entre 1997 e 2003, a Ampla só conseguiu ver uma redução de 1,7 pontos percentuais nas suas perdas de energia, que já era uma das mais altas do país.

Com base na dificuldade de se combater o furto pelos métodos usuais e no fato de que a facilidade em acessar a rede de distribuição não gera complicações de ordem técnica para uma ligação irregular, a Ampla vem implantando, desde dezembro de 2003, o projeto Rede Ampla, uma nova tecnologia de última geração que consiste em construir redes de distribuição que dificultem o acesso à energia sem que haja a prévia medição.

O projeto Rede Ampla foi desenvolvido por engenheiros da Ampla, com tecnologia brasileira. O sistema consiste na elevação da rede secundária (baixa tensão) até o nível da rede primária (média tensão), utilizando cabos pré-reunidos. Ambas ficam a aproximadamente 10 metros do solo, o que dificulta as ligações clandestinas. Além disso, medidores eletrônicos instalados na ponta da cruzeta dos postes (lidos e comandados remotamente via combinação de GPRS e PLC/rádio) indicam o consumo real dos clientes, impossibilitando furtos por intervenção no medidor, como eram realizados nos medidores eletromecânicos convencionais, que ficavam na casa do cliente. Os clientes com rede Ampla são faturados pelo medidor eletrônico (Ampla dia-a-dia: medição diária). Para consultar seu consumo em kWh ou $, os clientes podem ligar para o call-center (grátis), receber uma mensagem de texto no seu celular, usar o site da Ampla ou simplesmente esperar a chegada de sua conta (com detalhe dos consumos diários).

Os resultados, até o presente momento, têm sido excelentes e o índice de perdas nas áreas em que foi implementada a Rede Ampla (normalmente regiões críticas, com alto nível de furto de energia) tem caído significativamente, o que demonstra a alta eficácia da solução desenvolvida. Por exemplo, numa amostra de 82.974 clientes conectados à Rede Ampla, registrou-se um decréscimo do índice de perdas de 53,4% para 1,7% (perdas técnicas, sendo eliminado todo furto).
A Rede Ampla também apresenta benefícios em relação aos indicadores comerciais (diminuem os clientes cortados e aumentam os clientes faturados), o que demonstra que esta inovação não impacta positivamente somente as perdas, mas é uma solução completa para toda a empresa. Além disso, a Rede Ampla também apresenta impacto positivo nos indicadores de qualidade DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Consumidor) e FEC (Freqüência Equivalente de Interrupção por Consumidor).

Atualmente, há mais de 110 mil clientes com Rede Ampla (rede modificada e medidores eletrônicos telecomandados), dos quais mais de 70 mil já são faturados pelos medidores eletrônicos. O cronograma da Rede Ampla prevê a implementação do novo sistema em aproximadamente 600.000 clientes até 2009, num total de aproximadamente R$ 500 milhões em investimentos, expandindo a solução para conter o elevado índice de perdas nas regiões mais críticas da área de concessão da Ampla.

A Ampla confirma sua disposição em investir maciçamente para atacar o problema de perdas existente em sua área de concessão. Se não houver controle adequado e ataque constante às criativas formas de furto de energia, a tendência natural é de incremento do índice de perdas devido à agressividade natural do mercado.

A Rede Ampla também é a base tecnológica que torna possível implementar novas soluções de valor agregado ao cliente, por exemplo: a energia pré-paga (atualmente em fase piloto), o auxílio à melhoria da eficiência energética dos clientes e a possibilidade de detecção de falhas.
Por fim, deve ser ressaltado que a Rede Ampla é a maior aposta da Ampla no combate ao alto furto estrutural e recorrente que se encontra presente em sua área de concessão. Com base nos resultados obtidos até o presente momento, acredita-se que a empresa logrará êxito no objetivo de diminuir no médio e longo prazo suas elevadas perdas, protegendo as receitas operacionais.